segunda-feira, 24 de março de 2014

DICAS PARA O BOM FUNCIONAMENTO DO INTESTINO

Nossas postagens jamais substituem orientações médicas, e têm apenas caráter informativo.


IMPERDÍVEL : Coletânea de postagens sobre LIDERANÇA - CLIQUE AQUI para acessar



Esta é uma das postagens campeãs de acessos. Aqui não vendemos produtos nem recomendamos tratamentos milagrosos. Não há outra finalidade desta postagem senão ajudar as pessoas.

Grande parte das doenças começam pelos intestinos. Uma pessoa normal deve pelo menos 1 ve
z diariamente ao banheiro, se possível mais vezes. Aceitar que seu intestino é preguiçoso e não se preocupar é a receita para uma péssima qualidade de vida e desenvolvimento de inúmeras doenças.

Problema de intestino é algo gravíssimo. A melhora não é difícil logicamente dependendo da gravidade do problema, mas requer muita disciplina e por vezes abdicar de maus hábitos que poderá de início lhe dar a impressão que perderá qualidade de vida, mas não é verdade.

Abdicando de hábitos prejudiciais você estará ganhando qualidade de vida.
Se você já vem seguindo uma boa dieta e mesmo assim continuam os problemas, tente uma dieta sem glúten durante uma semana. Se com ela você se sentir muito melhor, pode ser um caso de intolerância alimentar ao glúten. Se mesmo assim persistir o problema, isso pode ser decorrente de maus hábitos do passado. Em algumas situações o intestino tem prejudicado a capacidade de desenvolver adequadamente os movimentos peristálticos. A recuperação pode ser longa e inexiste e não existe tratamento que não passe pela reeducação alimentar.  


DICAS PARA O BOM FUNCIONAMENTO DO INTESTINO

O saúde intestinal  está altamente relacionada à nossa qualidade de vida.  Algumas pessoas chegam a ficar dias ou semanas sem ir ao banheiro.
Um longo histórico de mal funcionamento do intestino com certeza pode ser revertido, mas para isso é preciso persistir com os tratamentos. Algumas pessoas com intestino preguiçoso pretendem tomar alguma cápsula ou um copo de chá, pensando que ficarão livres deste problema de um dia para outro, isso não é possível. Pior ainda, se ficarem tomando laxantes que fazem muita propaganda mas não tratam a origem do problema, pois atuam sobre o efeito e não sobre a causa do problema.

Alguns quadros requerem semanas ou meses para serem revertidos. É preciso muita disciplina.
Se você tem um histórico de muito tempo de prisão de ventre crônica, recomendo que procure um médico especialista, mas antes pode consultar uma nutricionista. No entanto, algumas dicas podem ajudar na conquista da saúde intestinal.
  -  Mastigar bem os alimentos, nunca comer com pressa.  A macrobiótica nos ensina a beber o sólido e a comer os líquido. Isso quer dizer que devemos mastigar os alimentos sólidos até eles se tornarem líquidos e praticamente sumirem na boca. Nosso estômago não possui dentes e se o sobrecarregamos com pedaços mal mastigados, estamos dificultando muito a digestão e prejudicando a absorção dos nutrientes, além de podermos contribuir para problemas digestivos;

      - Troque o arroz branco por arroz integral, e troque a farinha branca pela farinha integral. Muitas pessoas falam: provei e não gostei; não consigo comer arroz integral. Eu conheço uma pessoa que não consegue beber água, ela só toma Coca Cola. Se você não consegue ficar sem o arroz branco. porque acha o arroz integral ruim, acredite você se acostumou com o que não presta. É como um vício em Coca Cola. Para desenvolver o gosto, você pode fazer o arroz com algum molho, misturado com legumes, ou de outras formas. Mas a melhor forma de comer arroz integral é fazer ele com pouco tempero, não deixar mole mas sim ao dente, e comer com GERSAL, que deve ser adicionado sobre o arroz depois de pronto.

O arroz integral é a base da alimentação para uma vida saudável. Além de ter a mesma composição sódio potássio do nosso corpo, dentre outras qualidades ele é tem propriedades ante inflamatórias. Ele aumenta nossa energia vital e apresenta um extensa lista de benefícios.

Preparei uma postagem sobre o arroz integral que vale a pena ser lida veja: TUDO SOBRE O ARROZ INTEGRAL


- Prefira a ingestão de alimentos ricos em fibras, como aveia, pães integrais, raízes quando possível cruas ou cozidas com casca, legumes e verduras cruas, frutas secas ou com a polpa e/ou a casca. Mas cuidado, se ingerir muitas fibras comendo rapidamente e não mastigando suficientemente o efeito pode ser desastroso.

Cuidado com os  falsos alimentos integrais. Se qualquer alimento onde esteja escrito "integral" tiver na formula "farinha de trigo enriquecida", você estará diante de um falso produto integral. Fabricantes usam farinha refinada comum e adicionam corantes e um pouco de fibra de trigo, que é o derivado do trigo mais pobre em nutrientes entre todos. Apesar de auxiliar um pouco no funcionamento do intestino. Isso ocorre porque nossa legislação é falha e omissa e os fabricantes se aproveitam disso para empurrarem produtos integrais falsos.

Veja essa postagem

- Faça exercícios físicos regularmente. É necessário exercitar-se. Não ter tempo não é desculpa. Podemos fazer alguns exercícios até ao dirigir, ou em casa. Mas é importante que pelo menos algumas vezes por semana elevemos nossa pulsação e batimentos cardíacos. Por outro lado, nunca fazer e exercícios e de repente sair correndo, ou  jogar futebol, pode ser perigoso. Vejam Funcionamento Intestinal e Exercício Físico.


- Desenvolva hábito de ir ao banheiro em horário específico e de preferência mais de uma vez ao dia. Aceitar que seu intestino é preguiçoso e que você fica dias sem ir ao banheiro é inadequado, podendo trazer consequências ruins.

-          Algumas plantas naturais são ótimos laxantes, mas o consumo dos mesmos não deve se tornar um hábito. Considero um dos melhores laxantes naturais a Cáscara Sagrada (tomar 2 cápsulas ao deitar com um copo de água);

 -          A velha e conhecida sugestão de deixar algumas ameixas de molho em copo com água, e depois beber e comer as ameixas, também poderá ajudar. Beba a água lentamente e coma as ameixas de preferência ao deitar.

 -          Coma lentamente uma laranja tipo Seleta ou Bahia com todo o bagaço, mastigar o bagaço o máximo possível até ele desaparecer na boca. Cuidado se ingerir o bagaço da laranja sem mastigar direito, poderá ser prejudicial e até dar cólica.

 -          Se você é um dos inimigos do verde, cuidado! Pode estar aí uma das causas da sua prisão de ventre. Coma bastante salada, principalmente as cruas, dê preferência às  verduras orgânicas, é melhor gastar com os alimentos do que com a farmácia. Sempre coma mastigando lentamente e triturando muito bem os alimentos. Saladas mal mastigadas podem causar cólicas, gases e prejudicarem a digestão. Dê preferência a brotos, folhas verdes e vegetais crus. Raízes são ótimas para a saúde. Dê preferência a vegetais orgânicos, que apesar de serem caros, são os melhores para a saúde. Falta de verde no organismo é uma das principais causas da anemia e de muitos outros problemas.

-          Tome 1 ou 2 gotas por dia de óleo de Copaiba é excelente para o intestino e trata-se de excelente ante inflamatório natural. Veja essa postagem

-          Nunca tome refrigerantes com ou sem açúcar. Tenha claro que refrigerante é um lixo para a saúde. Mas se resolver tomar que seja num final de semana, e muito esporadicamente.

-          Não use açúcar nenhum.  Mas se usar, use em quantidades mínimas e sempre do tipo demerara ou mascavo, que apesar de não fazerem bem, fazem menos mal do que o açucar refinado.
Vejam essa postagem:

-  Plante algumas ervas e até verduras sem agrotóxicos em vasos na sua casa. Ervas como carqueja, hortelã, milícia ou muitas outras são excelentes. Desenvolva o hábito de tomar diariamente um copo de chá da sua própria plantação. Isso é possível mesmo se você morar em um apartamento. Mas cuidado não ponha açúcar, nem adoçantes artificiais no seu chá;

-          Coma mamão com as sementes.  Não precisa mastigar as sementes somente o mamão. Prefira mamão do tipo formosa em vez de papaia, mas na falta pode usar o papaia. As sementes engolidas inteiras se transformam em excelente laxantes, além de apresentar outros benefícios.
Vejam: benefícios de comer as sementes de mamão.

Tome chá verde regularmente. Veja essa postagem

-      Elimine ou reduza o consumo de carnes e derivados. Carnes são repletas de hormônios e são fonte de inúmeras doenças. Recomendo o vegetarianismo e preferencialmente o veganismo como receita para uma vida saudável e também por respeito e compaixão pelos animais. Mas se você eliminar o consumo de carnes vermelhas e usar as brancas moderadamente, principalmente o peixe, já será um bom início. É desnecessário falar dos malefícios da carne, mas se você tiver interesse veja minha postagem COMO DEIXAR DE COMER CARNE?

-     Faça do arroz integral juntamente vegetais ( crús e cozidos ), dos grãos, raízes e cereais sua principal fonte de alimentação.
-   Alimentos e o Psyllium. Existe uma fibra que comprovadamente promove a limpeza e o bom funcionamento do intestino. Os alimentos funcionais e especialmente o Psillinum tem ótimo efeito sobre o intestino. Mas não deve ser usado habitualmente, pois nada substitui bons hábitos. Vejam a seguir exemplos de alimentos funcionais: 
ácidos graxos (com alegação para ácidos graxos da família ômega 3);
• carotenóides (com alegações para licopeno e luteína);
• fibras alimentares (com alegações para fibras alimentares, beta glucana, frutooligossacarídeos, inulina, lactulose, psillinum ou psyllium e quitosana);
• fitoesteróis;
• probióticos (com alegações para lactobacillus acidophilus, lactobacillus casei shirota, lactobacillus casei variedade rhammosus, lactobacillus casei variedade defensis, lactobacillus delbrueckii subespécie bulgaricus, bifidobacterium bifidum, bifidobacterium lactis, bifidobacterium longum, streptococcus salivarius subespécie thermophillus;bifidobacterium animallis (alegação específica) e proteína de soja).

A saúde intestinal está associada a hábitos e modos de vida saudáveis, abaixo destaco interessante texto.  Recomendo que leiam também a matéria completa no link abaixo:
Modos de vida saudáveis  Extraído de http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-93322007000200004&lng=e&nrm=iso&tlng=e

Evidências científicas recentes mostram que a saúde pode estar muito mais relacionada ao modo de viver das pessoas do que a idéia, anteriormente hegemônica, da sua determinação genética e biológica. Na abordagem da promoção de modos de vida saudáveis, identificam-se duas dimensões: aquela que se propõe a estimular e incentivar práticas saudáveis, a alimentação saudável e a atividade física regular e, outra, que objetiva a inibição de hábitos e práticas prejudiciais à saúde como o consumo de tabaco e de álcool. A alimentação saudável tem início com a prática do aleitamento materno e se prolonga pela vida com adoção de bons hábitos alimentares. Assim, a nutrição adequada de gestantes e crianças deve ser entendida e enfatizada como elemento estratégico de ação, com vistas à promoção da saúde também na vida adulta.


Veja também:  Como escolher o tema de um TCC 
Blog do Professor Ari : Sobre vida corporativa, Negócios, Controladoria e outros temas




Postar um comentário