segunda-feira, 15 de junho de 2009

Saiba como amenizar as crises de enxaqueca

Tenho observado pelo menos quatro grandes causas das enxaquecas. Aquele que sofre de enxaqueca frequente deve avaliar se um desses fatores está presente no seu dia-a-dia. As causas da enxaqueca podem devido aos seguintes fatores:

- Chocolate

Chocolátras são potenciais sofredores de dor de cabeça crônica. Muitos chocolatras preferem ficar com a dor de cabeça a terem que parar de comer chocolate.

- Beber pouca água

Em alguns casos observei que sofredores de enxaqueca bebem pouca água e que ao começarem a beber mais água a enxaqueca diminui rapidamente ou até mesmo desaparece.

- Consumo de vinho tinto

É bastante frequente o consumo de vinho tinto desencadear enxaquecas, cuidado!

- Queijos e derivados

Se você sofre de enxaqueca elimine o consumo de queijo, leite e derivados e observe se melhora, a chance de melhorar é grande!

Abaixo destaco interessante material sobre a enxaqueca:

A enxaqueca é uma doença benigna, usualmente familiar, que nada tem a ver com aneurismas ou tumores cerebrais, mas sempre deve ser diagnosticada por um médico. "Ela caracteriza-se por uma dor de cabeça típica pulsátil usualmente mais intensa de um lado do crânio e associada a tonturas ou náuseas e à irritabilidade aos sons ou à luz,", explica o neurocirurgião Luiz Cláudio Modesto. O médico cita algumas medidas simples que podem ser tomadas para amenizar a enxaqueca:

1) Uma alimentação correta é muito importante:

- Evite ficar em jejum por longos períodos;
- Prefira verduras legumes e frutas, tome muita água;
- Reconheça os alimentos que eventualmente sejam precipitantes de sua dor;
- Evite o excesso de condimentos, alimentos enlatados, frituras e alimentos gordurosos;
- Evite bebidas alcoólicas, refrigerantes e restrinja a ingestão de cafeína.

2) Medidas do dia-a-dia

- Procure ter um horário de sono regular, de acordo com suas necessidades;
- Utilize óculos escuros em ambiente claros ou ensolarados;
- Fique longe de fumaça ou perfumes fortes
- Evite fumar;
- Evite tensões e causas de estresse;
- Reserve entre 30 minutos e uma hora por dia de relaxamento e meditação

Dr. Luiz Cláudio lembra que se a dor de cabeça for freqüente o neurologista pode tratá-la especificamente, visando abolir as crises por meio do uso de preventivos e terapias alternativas.

Veja mais sobre enxaqueca:

http://www.agencia.fapesp.br/materia/9650/especiais/viloes-da-enxaqueca.htm