sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Glutamato e Aspartame - O sabor que mata

fonte: http://www.medicinaintegrada.com/emails/page11.html

Aditivos Químicos adicionados aos alimentos podem afetar a formação do SNC de nossos filhos, e provocar problemas de aprendizado e emocionais - inocentes salgadinhos refrigerantes, bolachas, etc... É importante que comecemos a ler as embalagens de alimentos para saber o seu conteúdo, e utilizarmos cada vez mais alimentos frescos e cultivados sem agrotóxicos. Glutamato monossódico (GMS) adicionado nas papinhas dos bebês, alimentos e temperos prontos, catchup, alimentos congelados, etc... causam dores de cabeça e lesões cerebrais, alterações no metabolismo hepático do açúcar, diminuição das defesas na oxidação celular e até indução de stress oxidativo. Evite-os!

Aspartame

Estão associados ao desenvolvimento de tumores cerebrais que vem aumentando extraordinariamente a sua incidência. Se voce quiser ou precisar substituir o açúcar, use a Stevia. Aliás, é muito importante substituir o açúcar refinado pelo mascavo, mel ou orgânico. Vai melhorar muito a sua saúde e de sua família.


Fontes: "Aspartame and headache - New York Journal of Medicine - Shiffman - 1986 " Complications associated with aspartame - 1998 - Clinical Research Reactions attributed to aspartame containing products: 551 cases -Journal of Appliyed Nutrition - 1988 - Roberts Glutamate, A neurotoxic transmiter - Journal of Child Neurology - 1989 - Olney Jornal Americano da Associação Dietética Consumo de refrigerantes por crianças e adolescentes nos EUA : Consequências nutricionais - 1999 - Dra Harnack,PhD
Diniz YS, Fernandes AA, Campos KE, et al.
Toxicity of hypercaloric diet and monosodium glutamate: oxidative stress and metabolic shifting in hepatic tissue.
Food Chem Toxicol (England), Feb 2004, 42(2) p313-19 Singh K, Ahluwalia P
Studies on the effect of monosodium glutamate [MSG] administration on some antioxidant enzymes in the arterial tissue of adult male mice.
J Nutr Sci Vitaminol (Tokyo) (Japan), Apr 2003, 49(2) p145-8