Seguidores

domingo, 28 de março de 2010

APM ALERTA O PÚBLICO LEIGO SOBRE ATIVIDADE FÍSICA EM EXCESSO E SUAS CONSEQÜÊNCIAS PARA O SONO

  
O Departamento de Neurologia da Associação Paulista de Medicina realiza, em 17 de abril de 2010, das 9h30 às 12h, palestra gratuita sobre distúrbios do sono. Prestará esclarecimento a respeito de diversos problemas, além de fazer alerta sobre os prejuízos do excesso de exercícios físicos.

É importante ressaltar que os exercícios físicos, quando bem aplicados sempre trazem benefícios, especialmente para o sono. A síndrome do excesso de treinamento, ou overtrainning, que normalmente afeta atletas, e as atividades sem orientação qualificada, comprometem os sistemas fisiológico, imunológico e até mesmo psicológico. Em decorrência disso, o indivíduo pode sofrer alterações no sono, além dos distúrbios alimentares como anorexia e bulimia, na busca pelo corpo perfeito.

"Com a prática da atividade física excessiva, o individuo não satisfaz todas as fases do sono ou passa por elas de forma truncada, acordando diversas vezes durante a noite. O resultado é que, no dia seguinte, fica sem energia para desenvolver até atividades rotineiras. É este o alerta que queremos estender ao público leigo", comenta a dra. Luciana Mara Lorenzini, especialista em fisiologia e fisioterapia aplicada à cardiologia e à pneumologia pela Faculdade de Medicina do ABC, membro do Grupo de Pesquisa Avançada em Medicina do Sono - Prof. Dr. Rubens Reimão - HCFMUSP.

Na ausência do sono reparador e do descanso, há maiores dificuldades para dormir, inclusive com pesadelos, e até mesmo lesões físicas, como dores articulares, que muitas vezes impedem a realização de atividades simples.

Exercício físico de quatro a seis horas antes do horário de dormir pode ser prejudicial, pois algumas fases do sono diminuem e outras aumentam, comprometendo a qualidade e o descanso do indivíduo. Para mais informações, (11) 3188-4251 ou eventos@apm.org.br

Exercício físico em excesso e conseqüências para o sono

Data: 17 de abril de 2010
Horário: 9h30 às 12h
Local: Associação Paulista de Medicina
Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 278 - São Paulo - SP

Informações/Inscrições: (11) 3188-4251 / eventos@apm.org.br

sábado, 27 de março de 2010

Julgamento do Casal Nardoni chega ao final e comove o país

Chega ao fim o julgamento do Casal Nardoni. O caso teve o desfecho esperado e o advogado de defesa já recorreu da sentença proferida.

Exemplar o comportamento do juiz, promotor, peritos e demais profissionais que participaram desse caso.

Muitos de nós indagam: Como é possível um pai praticar um crime tão brutal contra a própria filha? Pois é! É possível. Existem muitas pessoas com desvios graves de personalidade, e nos momentos de fúria descontrolada podem cometer atos como esse.

Existem muitos pais agressores dos filhos, todos os dias são efetuadas muitas denúncias, já outras agressões nem chegam a ser reportadas. Então a nossa obrigação na sociedade é de ficarmos alertas e denunciarmos pais e outros agressores, antes que consequências pióres ocorram. Isso é muito mais importante do que ir soltar rojão na porta do tribunal após a notícia da condenação.

Infelizmente a lei é branda e favorece criminosos. Daqui 11 e 9 anos, respectivamente pai e madrasta têm possibilidade de estarem em regime semi aberto.

Infelizmente algumas decisões judiciais acabam favorecendo bandidos, pois crimes hediondos não deveriam ser passíveis de liberdade condicional após o cumprimento de uma parte parte da pena. Essa pena ainda seria pequena se fosse o caso de passarem os réus 100% no tempo da pena em prisão fechada.

Sou contra pena de morte, mas esse tipo de crime mais do que justificaria prisão perpétua.

Que o desfecho do caso da menina Isabella sirva não apenas para saciar a justa sede por justiça, mas que também remeta mais pessoas a ficarem alertas para evitar futuros casos de maus tratos a crianças inocentes, para isso é necessário denunciar casos observados de maus tratos.

sexta-feira, 26 de março de 2010

A HORA DO PLANETA

SAÚDE COMPLETA APÓIA A HORA DO PLANETA.

Neste sábado, 27 de março, às 20:30 hrs, junte-se a 1 bilhão de pessoas no mundo, que apagarão as luzes durante uma hora.

http://www.horadoplaneta.org.br/



REDEBICHOS COMPLETA UM ANO DE VIDA

REDEBICHOS completou no dia 23 pp um ano vida, e no dia em que completou um ano atingiu 2000 membros. Vejam o belo vídeo que foi feito para homenagear REDEBICHOS e mostrar um pouco sobre essa rede que veio para unir protetores, ativistas e amigos dos animais em geral.

Venha fazer parte da REDEBICHOS e ajudar a reveter o caos em que se encontra a situação dois animais. Esse vídeo também se encontra no youtube


quinta-feira, 18 de março de 2010

VOCÊ PROMOVERIA O ADMINISTRADOR DA SUA VIDA?

*Anderson Cavalcante

Estamos constantemente super atarefados e com a agenda lotada de compromissos. Trabalho, estudo, carreira, casamento, filhos, lazer e etc. A correria do dia-a-dia não é fácil, e nos sentimos cada vez mais sobrecarregados. Por vezes pensamos que o estresse é normal e, apesar dele, nos fazemos acreditar que estamos de certa forma bem e nos enganamos com a sensação de estar aproveitando de forma vantajosa o nosso dia.

Um estudo realizado por psicólogos do Hospital do Coração (HCor), de São Paulo, identificou que 50% do entrevistados, entre homens e mulheres, possuem um alto nível de estresse. As 234 pessoas que participaram da pesquisa são profissionais que assumem cargos de gerência ou chefia e mantêm uma vida extremamente atribulada, com tarefas e compromissos agendados para a semana toda. Dentre os sintomas apresentados pelos participantes, a ansiedade corresponde a 75% dos casos e a irritabilidade está presente em 51%. Esses profissionais estão administrando a própria vida como deveriam? É correto chegar à tão alto nível de cansaço, nervosismo ou até mesmo desolação por dedicar-se intensamente a apenas um setor de sua vida?

Existem alguns elementos que podem contribuir para você descobrir e alcançar as respostas para essas questões. Para isso, é preciso avaliar o que você viveu até este momento e repensar seu caminho daqui em diante. Tenha em mente que a única pessoa plenamente responsável por suas decisões, falas, atitudes e passos, é o gestor da sua vida, ou seja, você mesmo. Você é o líder que pode colocar em prática os seus planos de desenvolvimento e crescimento tanto pessoal quanto profissional.

Então, proponho que você olhe para o administrador da sua vida e avalie: ele tem respeitado seus valores? Tem seguido as diretrizes que você estabeleceu para sua vida e contribuído enfaticamente para a realização das metas? Seu líder ou gestor tem se concentrado no que realmente importa? Se questionar sobre suas atuais decisões é uma das formas para encontrar a estabilidade entre trabalho e família.

Em outra pesquisa, realizada pela Universidade de Toronto, Canadá, em conjunto com a Universidade de Maryland, EUA, revelou que 50% dos 1,8 mil colaboradores entrevistados levam trabalho para casa com regularidade, ou seja, não bastasse a pressão existente no ambiente corporativo, esta pessoa utiliza o tempo que deveria ser destinado a realização de atividades pessoais para otimizar os deveres de sua carreira.

Se o nível de estresse é alto para as pessoas que exercem cargos gerenciais, levar tarefas para casa com regularidade pode não ser a melhor saída, pois, dessa forma, você não estará aprimorando o seu desenvolvimento como deveria e ainda correrá o risco de aumentar esse nervosismo. Uma alternativa é utilizar este curto espaço de tempo para concluir alguns cursos, ler aqueles livros voltados para sua área de atuação ou realizar qualquer outro tipo de atividade que otimize sua carreira de forma mais significativa do que a extensão do horário de trabalho para sua casa.

Neste contexto, perceba que devemos ser os administradores de nossas próprias vidas, e decidir fazer sempre o que mais importa, nem que seja uma vez a cada semana. Faça o que te traz prazer, tendo como termômetro a sua saúde e a qualidade de vida. E lembre-se: cada minuto de vida é um minuto a menos e não um minuto a mais.

*Anderson Cavalcante é administrador de empresas com ênfase em Marketing e MBC pela University of Florida. É empresário e ministra palestra para as maiores empresas do país, que buscam realizar ações lucrativas, porém humanizadas. Foi reconhecido, em 2004, como o palestrante mais jovem do Brasil por realizar palestras para empresários n exterior, no evento Expo Business Japan. É autor dos best-sellers "O que realmente importa?"; "As coisas boas da vida", lançado também na Europa, entre outras obras produzidas pela Editora Gente. No Brasil, seus livros já venderam mais de 272 mil exemplares. Para mais informações, acesse: www.andersoncavalcante.com.br

CONSUMO DE CHOCOLATE DEVE SER MODERADO, ALERTA ENDOCRINOLOGISTA DO LAVOISIER/ DASA

A Páscoa é uma data festiva que faz a alegria das crianças e adultos. Reunião em família, almoços, feriado, e claro, ovos de chocolate. Pois é exatamente o excesso de chocolate, que preocupa o endocrinologista Sergio Vencio, do Lavoisier Medicina Diagnóstica/ DASA.


"Embora seja rico em nutrientes, o consumo deve ser moderado. Ganho de peso e distúrbios gastrointestinais como diarréia, náuseas e vômitos são algumas das consequências do abuso", alerta o especialista. Segundo ele, o doce deve ser evitado por crianças com menos de um ano e o consumo diário não deve ultrapassar 30 gramas de chocolate ao dia.

Em caso de abuso do doce pelos pequenos pode ocorrer diarréia,o que levaria a necessidade de suspensão imediata da guloseima e hidratação da criança com líquidos. "Se houver desidratação, deve-se procurar um hospital".

Maior precaução e vigilância devem ter os pais de crianças com alergia a algum dos componentes do chocolate. "Nesses casos, deve-se parar de consumir e procurar orientação médica", observa. Sintomas como coriza, urticária, tosse seca e mal estar devem ser monitorados para alertar sobre o limite da ingestão. Aqueles que têm intolerância à lactose podem procurar ovos de chocolate amargo e meio amargo.

Os diabéticos podem recorrer aos ovos diet. "Mas o consumo deve ser bem moderado, porque ele tem uma quantidade de gordura maior do que o ovo tradicional", alerta. Crianças com diabetes tipo 1 devem ter uma atenção redobrada. A terapia de contagem de carboidratos permite a ingestão de açúcar, mas a pessoa tem que ser treinada pelo médico ou de preferência por uma nutricionista especializada no assunto. "O excesso de açúcar, no caso em questão, do chocolate em diabéticos tipo 1, pode induzir a um quadro conhecido como Cetoacidose diabética, com altíssimas taxas de glicemia, desidratação e até eventual necessidade de internação em UTI", diz.

Embora calórico, o chocolate saboreado com moderação faz bem para o corpo e para a mente. "Ele contém nutrientes como cálcio, fósforo, proteínas e outros minerais necessários ao organismo e é fonte de antioxidantes (especialmente o amargo) que combatem os radicais livres e ajuda a diminuir o colesterol", explica o endocrinologista, acrescentando que o chocolate também leva ao estímulo à produção de serotonina, o que promove bem estar e alivia a tensão. Porém a sua ingestão em excesso atrapalha e muito o emagrecimento e pode levar a dependência psicológica.

Sobre o Lavoisier Medicina Diagnóstica

O Lavoisier nasceu há 59 anos em São Paulo e atualmente possui mais de mil colaboradores e 62 unidades de atendimento na Grande São Paulo. Considerado uma referência para o segmento de medicina diagnóstica brasileiro, disponibiliza serviços e soluções diferenciados, oferecendo qualidade, confiança, credibilidade, conveniência e tecnologia de ponta como vacinas e o programa Lavoisier Popular, lançado em 2006, que oferece medicina diagnóstica com qualidade a preços populares para todas as classes sociais, permitindo o acesso a quem não possui plano de saúde. Com o objetivo de buscar continuamente maior conforto aos pacientes, a marca conta com unidades em hospitais e em importantes centros comerciais, que disponibilizam mais de três mil exames de análises clínicas e diagnósticos por imagem no mesmo local, uma delas com atendimento 24 horas por dia que realiza exames de emergência e presta serviços a médicos em tempo integral. O Lavoisier integra a DASA, maior empresa de medicina diagnóstica e saúde preventiva da América Latina em termos de receita bruta e população e a quinta maior rede no mundo. Para mais informações: www.lavoisier.com.br.

Sobre a DASA

A DASA é a maior empresa de medicina diagnóstica e saúde preventiva da América Latina em termos de receita bruta e população e a quinta maior rede no mundo. Com mais de 11,5 mil colaboradores, atende aproximadamente 55 mil pacientes por dia em 321 unidades. Processa em média 10 milhões de exames por mês. Oferece mais de três mil tipos de exames de análises clínicas e diagnóstico por imagem. Atualmente, o grupo é formado por 18 marcas em 12 estados brasileiros e no Distrito Federal - Delboni Auriemo e Lavoisier (SP), Bronstein, Lâmina e MedImagem (RJ); Club DA (RJ e SP); Pasteur e Exame (DF), MedLabor (TO), Frischmann Aisengart e Álvaro (PR), CientíficaLab (ES, MG, RJ e SP), Image Memorial (BA), Lâmina (SC), Atalaia (GO), Cedic e Cedilab (MT) e LabPasteur e Unimagem (CE).

*Informações atualizadas em março de 2010.

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Imagem Corporativa

Carolina Vasconcellos cvasconcellos@imagemcorporativa.com.br

Carolina Guerrero
carol.guerrero@imagemcorporativa.com.br

(11) 3526-4519 / 4529
www.twitter.com/ICdigital

MIX DE ABÓBORA, ALCARVIA E 'GRÃO DE OURO' ESTIMULA A MEMÓRIA E O BOM HUMOR

* Dra. Sylvana Braga



Chega de mau humor! As pequenas notáveis, abóbora, alcarvia e quinoa prometem sorriso, disposição, saúde e bem-estar. A ingestão de sementes traz diversos benefícios ao corpo e são excelentes para o bom funcionamento do organismo.



São ricas em vitaminas e sais minerais que fornecem antioxidantes para combater os radicais livres que danificam as células. Além disso, contêm muita fibra alimentar, que regulariza a atuação do intestino.


A semente de abóbora, por exemplo, auxilia no bom humor e na musculatura. Torrada, cozida, ou crua, seu consumo é indicado com pães, bolos e sucos. Já a alcarvia é ótima para distúrbios intestinas. Ajuda a eliminar as toxinas e melhora os gases e a acidez gástrica. Levemente adocicada, a alcarvia é um bom acompanhamento de queijos, pães, doces, chás e bolos.



A pequena quinoa, popularmente conhecida como "grão de ouro", conta com um rico poder nutritivo, é uma grande fonte de vitaminas e minerais. Ajuda a melhorar a imunidade e a memória. É possível consumi-la em saladas, molhos de iogurte, misturadas no mingau, com tortas, cremes e até mesmo com frutas ou da forma que agradar o paladar.



* Dra. Sylvana Braga (www.sylvanabraga.com.br)- Nutróloga, reumatóloga, fisiatra e especialista em prática ortomolecular, também autora do livro "Dieta Ortomolecular - o segredo de rejuvenescer em total harmonia", que traz mais de 100 receitas para se manter saudável de forma natural.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Alimentação x TPM: uma combinação de sucesso

Ansiedade, depressão, alteração no humor (e comportamento), dores nas mamas... humm!! Apresentamos alguns dos sintomas bem conhecido pelas mulheres que as acompanham - pelo menos - uma vez por mês com a famosa tensão pré-menstrual, também conhecida pela sigla TPM.


A TPM severa deve ser tratada com medicamentos. Entretanto, a TPM leve ou moderada pode se beneficiar com alguns cuidados que podem ser adotados na identificação dos sintomas: exercícios físicos simples, como caminhada, arrumar os armários ou até mesmo cuidar do jardim. Além de, claro, uma boa alimentação.

Durante a TPM, é imprescindível que a mulher tenha cuidado com a alimentação. A compulsão pela comida poderá piorar os sintomas, principalmente os físicos por reterem mais água no organismo e, como conseqüência, aumentar o inchaço e a dor.

O nutrólogo Máximo Asinelli ensina alguns cuidados que podem amenizar os sintomas:

- Faça pequenas refeições ao dia, ao invés de três grandes;

- Limite suas calorias em 1200 a 1500. Fuja dos carboidratos, frituras e doces;

- Aumente a ingestão de verduras e frutas que contenham nutrientes importantes para o organismo;

- Beba muita água;

- Reduza a ingestão de sal. Ele faz com que o organismo retenha maior quantidade de líquidos, o que aumenta o inchaço generalizado e as dores;

- Prefira os alimentos que atuam como diuréticos. Aqueles que fazem o corpo eliminar mais água, como: morangos, melancia, alcachofra, aspargo, salsa e agrião;

- Aumente a ingestão de vitamina B. Ela facilita a produção de serotonina (também conhecido como hormônio da felicidade) pelo organismo. Coma germe de trigo, fígado, melão, arroz integral, aveia, ovos, amendoim e nozes.

- Alimentos ricos em cálcio: leite e seus derivados ajudam a diminuir as contrações uterinas e intestinais.

- Alimentos ricos em fibras, como legumes, verduras e pão integral melhoram o intestino e aliviam as cólicas menstruais.

E o mais importante: ame-se. Quem ama, cuida.

Doutor Maximo Asinelli (CRM-Pr 13037)

Médico Nutrólogo

Site: www.clinicaasinelli.com

Blog: http://maximoasinelli.wordpress.com

Blog: http://www.bemparana.com.br/maximosaude

Email: maximoasinelli@terra.com.br

Fone: 41 3015-6001

Endereço: Rua Professor Brandão, 50, Alto da XV, Curitiba/PR.

terça-feira, 9 de março de 2010

Projeto Gaiola Aberta na Globo

Vejam abaixo vídeo do projeto Gaiola Aberta apresentado em programa na Globo.
Venham fazer parte do grupo Projeto Gaiola Aberta na REDEBICHOS.
http://redebichos.ning.com/group/projetogaiolaaberta

Para ingressar no grupo antes precisa fazer o cadastro na REDEBICHOS
http://redebichos.ning.com/main/authorization/signUp?

Esse maravilhoso projeto precisa de sua ajuda. Colabore e ajude a manter Gaiola Aberta.

quarta-feira, 3 de março de 2010

A DIFERENÇA ENTRE ÓPTICA E ÓTICA VAI MUITO ALÉM DO P - POR JUVENAL AZEVEDO

Este é um artigo escrito por um leigo em medicina e que pretende apenas transmitir as perplexidades sobre um campo e outro.

De 30 ou 40 anos para cá, a óptica ou oftalmologia teve inúmeros e perceptíveis avanços, entre eles o transplante de córneas, a cirurgia a laser para corrigir miopia, a cirurgia a laser para a erradicação da catarata e até mesmo a cirurgia a laser para correção da hipermetropia.


Já a ótica ou otorrinolaringologia, aos nossos olhos de leigos permanece no mesmo patamar de trinta, quarenta, cinquenta anos atrás ou mais.

Amigos meus, já fazendo parte do chamado grupo da melhor idade, eufemismo adotado e disseminado certamente por alguém dotado de humor negro, se queixam de que vão a um otorrino e o máximo que obtêm é a recomendação do uso de um aparelho auditivo para suprir as suas perdas de audição. O mesmo acontecendo também com diversos jovens na faixa dos 20 ou 30 anos de idade, portadores de alguma disfunção auricular.

A propósito, os fabricantes de aparelhos auditivos parecem ignorar por completo as técnicas de marketing e de publicidade, pois não procuram fazer campanhas minimamente inteligentes de comunicação, não realizando nem campanhas publicitárias nem utilizando-se de um trabalho de assessoria de imprensa que ajude a vencer os preconceitos contra o uso de seus produtos. E que hay preconceitos, los hay!

Bem, mas voltando ao foco do nosso artigo, se uma especialidade da medicina, como é a oftalmologia, reuniu tantos e tão notáveis avanços, por que a ótica ou otorrinolaringologia parou no tempo? Por que não se realizam cirurgias destinadas a dar aos pacientes uma melhor acuidade auditiva? Que fatores fizeram essa especialidade parar no tempo?

E notem que circunscrevi essa perplexidade a dois campos de atuação próximos, sem entrar na seara mais complexa dos transplantes de fígado, coração, rim e outros.

Estou levantando este assunto, na expectativa de que algum otorrino não só nos esclareça como também, principalmente, nos mostre que há uma luz no fim do túnel e que todos os portadores de deficiências auditivas possam ter esperança de obter melhoras significativas imediatamente ou a curto prazo.

- Hã? Como disse, doutor?


* Juvenal Azevedo é publicitário, jornalista e assessor de imprensa (e-mail: adriejuva@uol.com.br)

Home-page : www.jaccomunicacao.blogspot.com

E-mail : adriejuva@uol.com.br

ANTES, DURANTE E DEPOIS DA GESTAÇÃO: MALHAR É A MELHOR FORMA

Vejam abaixo reliese do grupo Athena. Vale a pena ler com atenção e repassar para seus contatos, principalmente para aquelas que estão entrando nessa bela fase da vida, que trás alguns desconfortos, mas inúmeras alegrias. Minimize os desconfortos da gravidez e mantenha-se saudável praticando atividade física adequada e assistida por profissionais de sua confiança.


Vejam também no excelente site Treino Total a postagem: Exercícios físicos na gravidez exigem acompanhamento http://www.treinototal.com.br/revista/2010/02/05/exercicios-fisicos-na-gravidez-exige-acompanhamento/


Em tempo de grandes investimentos na imagem pessoal, a gestação pode gerar ansiedade em algumas mulheres, especialmente naquelas que rotineiramente travam uma batalha com a balança. Com o nascimento do bebê, são deixados de 5 a 6 quilos para trás, mas os demais vão demandar alguns cuidados para desaparecer. "Nesse aspecto, sempre largam na frente aquelas que mantiveram uma rotina de atividade física durante a gravidez", ressalta Ana Cléia Fonseca, professora da Contours, rede de academias para mulheres.



Deu Positivo - Logo após a confirmação, a gestante deve consultar o médico para verificar se pode realizar exercícios e que modalidades são indicadas para o seu caso. "Mesmo aquelas que já mantêm a prática regular devem ouvir seu obstetra", complementa Ana Cléia. Uma vez liberados, os exercícios devem ser monitorados por um profissional de educação física, especialmente no primeiro trimestre da gravidez.



Usualmente são indicados 30 minutos de atividades, 5 vezes por semana. Os benefícios ultrapassam a manutenção do peso saudável: "Mulheres que se exercitam tendem a ter um melhor trabalho de parto. Além disso, o exercício melhora a circulação; reduz os riscos de diabetes gestacional, complicações obstétricas e trabalho de parto prematuro; e diminui a sensação de fadiga", destaca a professora de educação física. Completam o rol de vantagens a melhora na auto-estima e redução da ansiedade - típica dessa fase feminina.



É importante que a cliente informe à academia e ao instrutor que está grávida. "Na Contours, elas participam do circuito, que engloba atividades aeróbica e de musculação. Contudo, os exercícios são adaptados e cada cliente é acompanhada de perto", descreve Ana Cléia. A academia orienta ainda que as grávidas busquem orientação nutricional. "Essa dobradinha é imbatível para quem quer viver a gravidez de maneira saudável", explica a professora.



Após o nascimento do bebê, o retorno à academia é muito importante para a correção da flacidez abdominal e do contorno do corpo, mas requer liberação médica. Normalmente ocorre em duas semanas após o parto normal e em seis semanas quando a paciente é submetida à cesariana. Seja qual for o procedimento, quanto antes a atividade física for retomada, mais rápida será a resposta.



Carla Furtado

AthenaPress
Unidade do Grupo Athena

(61) 3326 2066 e (61) 8473 3509

www.grupoathena.com.br

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...