Cinta Modeladora - A melhor do Mercado

Cinta Modeladora - A melhor do Mercado
2 sistemas de fechamento - Nelprene de alta qualidade

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Evidencias entre o consumo de ferro e neurodegeneração - Causando Mal de Parkinson e Alzheimer

A seguir destaco o resumo de um excelente artigo chamado Ferro e Neurodegeneração:
O artigo completo poderá ser acessado no link abaixo.



Crescentes evidências vêm indicando que o ferro tem um papel importante na patogênese dos mecanismos da neurodegeneração. Esta revisão tem por objetivo abordar aspectos de sua absorção,
transporte e estoque no corpo humano. Adicionalmente, é abordada a participação do ferro no estresse oxidativo do sistema nervoso central e suas implicações nas doenças neurodegenerativas, com especial destaque para Demência de Alzheimer e Doença de Parkinson.


 
Fonte de dados: foi realizada uma revisão sistemática de toda a literatura publicada em inglês através das bases de dados Medline, Ovid e Scopus, de janeiro de 2000 a setembro de 2007, assim como livros-texto.

Foram excluídos os artigos em que os principais enfoques eram uso de drogas e mutações genéticas relacionadas com metais.
 
Conclusões: a revisão da literatura sugere que o estresse oxidativo, associado ao desequilíbrio na homeostase do ferro, seja uma via importante em relação à patogênese da neurodegeneração. Esses
dados requerem novas investigações para esclarecer se este desequilíbrio é causa ou conseqüência do processo neurodegenerativo.

O consumo de ferro de uma forma diferente daquela que está absorvida pelos alimentos
seja o consumo de ferro mediante a ingestão de suplementos ferrosos ou seja através da contaminação pelo uso de panelas e frigideiras de ferro, é ainda mais danoso para a saude. Pois nosso organismo não metaboliza boa parte do ferro processado, que acaba se alojando na base do cérebro. Isso passa desapercebido pela vida, mas a partir do 60 ou 70 anos passam a se manifestar os problemas.

Muitos médicos ainda receitam suplemento ferroso achando que irá ajudar aos pacientes, quando na realidade poderá acarretar problemas futuros.

Existe também o problema da baixa absorção de ferro, que em muitos casos não se resolve pelo aumento do consumo de ferro, mas sim pelo consumo de vitamina C e pela adoção de uma alimentação equilibrada. Mas infelizmente pouco se comenta isso.

O recado é simples. Nunca ingira ferro na forma de suplemento pois se trata de ferro diluido. Evite o excesso de carnes vermelhas, miúdos e outros alimentos ricos em ferro. Se tiver anemia procure curar pela melhora na alimentação, corte o açucar, refrigerantes, etc. Se quiser associe a vitamina C, essa sim comprovadamente contribui para melhor absorção do ferro.


Existem pesquisas e farta literatura sobre o assunto. destacarei abaixo algumas 

Folha de São Paulo
Revista Eletronicas PUC RG
clinica esportiva janete neves
http://www.livestrong.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...