Seguidores

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Diga não às usinas térmicas a Carvão. Apoiem ao Greenpeace

O mundo já sabe que o carvão é uma das fontes de energia mais poluentes que existem. Só o governo não entende. Por isso fomos a Brasília mostrar a sujeira que ele causa. Na frente do prédio do Ministério de Minas e Energia, mineiros sujos dos pés à cabeça despejaram uma tonelada e meia de briquete de carvão e estenderam uma faixa com a mensagem: “Lobão, carvão no leilão não!”.
Edison Lobão é o ministro que comanda a política de energia do país. Amanhã, dia 29 de agosto, o leilão A-5 vai ofertar 1.840 MW de energia produzida por térmicas a carvão. Isso não acontecia desde 2009. E não deveria acontecer nunca mais.
Não podemos deixar o carvão voltar ao leilão, mostre sua indignação. Deixe sua mensagem para Lobão.
Para cada kWh de eletricidade produzida com carvão, um quilo de CO2 é despejado na atmosfera. Só para comparar, a cadeia de produção da energia eólica emite 12 gramas de CO2 para cada kWh produzido.
O Brasil precisa mesmo diversificar sua matriz elétrica. Mas para isso não falta energia renovável. Provamos isso com nosso novo relatório [R]evolução Energética, que mostra que poderemos ter 92% da matriz elétrica movida por fontes renováveis como vento, sol ou biomassa até 2050. O que está faltando mesmo, é vontade política.
Ajude-nos a construir um futuro mais renovável. Junte-se a nós.

Greenpeace

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...