Seguidores

domingo, 20 de junho de 2010

PLANTA DO CERRADO BRASILEIRO COMBATE O VILITILGO

Mama Cadela, planta muito utilizada pela população do Cerrado como espécie medicinal, possui o principio ativo Brosimum gaudichaudii, eficaz no tratamento do vitiligo.

A mama-cadela (Brosimum gaudichaudii), planta nativa do cerrado do Planalto Central do Brasil é uma árvore com tronco sinuoso e casca cinzenta que pode atingir até 4m de altura, possui ramos tortuosos, com flores minúsculas de coloração verde-amareladas, os frutos possuem sucos e cheiros adocicados e ficam alaranjados quando maduros, alcançando 3 cm de diâmetro.

Utilização medicinal - A Mama-cadela é considerada a única planta reconhecida no combate ao vitiligo - doença caracterizada pela diminuição de melanina (pigmento que dá cor à pele), essa despigmentação ocorre geralmente em forma de manchas brancas (hipocromia) de diversos tamanhos e com destruição focal ou difusa. Pode ocorrer em qualquer segmento da pele, inclusive na retina (olhos). Os locais mais comuns são a face, mãos e genitais. Sua causa ainda não é bem compreendida, embora o fator auto-imune pareça ser importante. Contudo, estresse físico, emocional, e ansiedade são fatores comuns no desencadeamento ou agravamento da doença que pode surgir em qualquer idade, sendo mais comum em duas faixas etárias: 10-15 anos e 20-40 anos.
O princípio ativo encontrado na planta é uma furocumarina (substância fotossensibilizante) o "bergapteno" presente nas raízes, cascas e frutos verdes, também recomendada em estado natural na forma de chás.

A Sauad Farmacêutica, especializada em produtos fototerápicos, se preocupou em desenvolver um medicamento fitoterápico (encontrado em forma de comprimidos, pomadas e soluções tópicas) que contém derivados furanocumarinos - Brosimun Gaudichaudii Trécul - e tem ação fotossensibilizante direta sobre os melanócitos desencadeando a produção de melanina, substância esta responsável pela natural pigmentação das lesões.


www.sauad.com.br

terça-feira, 15 de junho de 2010

Justiça nega pedido de suspensão contra médico de Michael Jackson

Pois é, sempre tive a visão de que a justiça americana é bem mais "justa" e evoluida do que a justiça brasileira, mas essa notícia nivela as duas nas suas capacidades de produzirem injustiças. Quem sabe o culpado pela morte de Michael Jackson não tenha sido o mordomo? 


Fonte: http://br.noticias.yahoo.com/s/afp/eua_justi__a_m__sica_gente

Seg, 14 Jun, 09h17
 
LOS ANGELES (AFP) - Um juiz de Los Angeles negou um pedido para suspender temporariamente o médico de Michael Jackson de suas atividades no estado da Califórnia (oeste), onde o cantor morreu após uma overdose de sedativos há quase um ano.

O Conselho Médico da Califórnia havia pedido que o doutor Conrad Murray, de 57 anos, fosse suspenso no estado até a conclusão do processo pela morte do astro pop, no dia 25 de junho de 2009.

Os pais do famoso cantor, Katherine e Joe Jackson, assim como seus irmãos Jermaine e LaToya, assitiram à audiência. O juiz Michael Pastor fixou outra data para Murray comparecer ante a corte, no dia 23 de agosto.
"Querem parar este homem de ajudar as pessoas, algo que trabalhou forte para fazer pela vida toda", disse o advogado de Murray, Joseph Low.

Em uma audiência em fevereiro, o juiz Keith Schwartz ordenou que Murray não pode administrar nenhum tipo de sedativo, particularmente propofol, a anestesia que matou Jackson aos 50 anos em sua mansão de Beverly Hills.

A promotora Trina Saunders argumentou que "tem o direito e a obrigação de proteger o público", disse, ao defender o pedido contra Murray.

"Nós não estamos pedindo isto como uma suspensão, estamos pedindo isso como uma condição de sua fiança, não como uma medida disciplinar. Apenas durante o período de julgamento" por homicídio culposo pela morte de Michael Jackson.

Nos arredores do edifício do centro de Los Angeles dezenas de fãs de Jackson pediam justiça pela morte de seu ídolo.

Murray foi acusado em fevereiro de homicídio culposo de Jackson após o cantor ter uma overdose de medicamentos e uma intoxicação por propofol.

Seu falecimento foi constatato vinte minutos depois de receber a injeção de propofol, enquanto o doutor Murray havia se ausentado por alguns minutos para atender um telefonema.

sábado, 12 de junho de 2010

CÉREBRO DE CORRUPTO É DESTAQUE NO 6º CONGRESSO BRASILEIRO DE CÉREBRO, COMPORTAMENTO E EMOÇÕES

  
Neurocientistas revelam a semelhança entre o cérebro
de políticos corruptos e dependentes químicos. E discutem o que fazer no Brasil atual para inibir a corrupção na política

Existe alguma diferença no cérebro de corruptos que possa explicar este comportamento? Afinal, quais são as hipóteses para justificar as ações de políticos corruptos em todo o mundo. O assunto será hoje um dos grandes temas debatidos hoje entre os principais neurocientistas do país e dos Estados Unidos durante o 6º Congresso Brasileiro de Cérebro, Comportamento e Emoções, que acontece até o dia 12 de junho, em Gramado, no Rio Grande do Sul.

Veja abaixo os outros temas debatidos durante o congresso:

Efeitos cerebrais da separação da mãe na infância. Afinal, o que isso faz com o desenvolvimento da criança?

Qual o efeito da falta de sono no comportamento?

É possível esquecer um grande amor? Por que insistimos nesse comportamento?

Por que algumas memórias duram dois dias e outras meses ou anos?

A assessoria de imprensa do congresso atenderá os jornalistas durante todos os dias do evento, organizando entrevistas com os especialistas.

Informações para a imprensa

Tino - Projetos em Comunicação
Regiane Monteiro/Danilo Tovo/Vinicius Volpi/
Alessandra Homero
(11) 3170-3137
(11) 7493-7744/7492-3442/7492-8040/7491-6459
regiane@tinocomunicacao.com.br
danilo@tinocomunicacao.com.br
vinicius@tinocomunicacao.com.br
alessandra@tinocomunicacao.com.br

quinta-feira, 3 de junho de 2010

FOTOPROTEÇÃO É FUNDAMENTAL DURANTE O INVERNO


Efeitos dos raios solares sobre a pele não cessam nos dias mais frios, nublados ou chuvosos dessas estações. É preciso usar sempre um bom fotoprotetor, de preferência com hidratante

As pessoas se limitam a utilizar o protetor solar somente nos dias de verão, quando é mais perceptível a incidência dos raios solares sobre a pele. Mas esse engano pode custar caro ao longo do tempo, com o envelhecimento precoce das células e o risco de doenças mais simples, como viroses, infecções bacterianas e alergias, até o surgimento de câncer de pele.

Apesar da temperatura mais amena do inverno, com o sol muitas vezes escondido atrás das nuvens, os raios UVB e UVA continuam a prejudicar a pele, associados ao frio e à redução da umidade do ar, que causam ressecamento e irritações. "Por isso, é fundamental que a população se habitue a usar diariamente, a cada quatro horas em média, bons produtos para fotoproteção e hidratação, independentemente do clima ou do período do ano", afirma a dermatologista Silvana Coghi, integrante da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy Dermatology.

Segundo ela, na hora de escolher o produto é necessário observar não só o fator FPS, que protege contra os raios UVB, causadores de vermelhidão e de queimaduras. O produto deve ter também o PPD (Persistent Pigment Darkening), que determina a proteção em relação aos UVA, que atingem camadas mais profundas da pele, provocando a destruição das fibras de colágeno e, por consequência, perda de elasticidade e aumento das linhas de expressão e das rugas. "O PPD deve ser em média 30% (1/3) do fator de proteção UVB. Ou seja, se o FPS for 20, o PPD tem de ser no mínimo sete. Caso contrário, a pele não está realmente protegida", reforça a médica.

Os raios UVA atravessam vidros dos carros e janelas domésticas, estando presentes em doses muito altas nas câmaras de bronzeamento artificial. "Esta característica reforça a necessidade de atenção constante com a proteção da pele, pois, além de envelhecimento precoce, a exposição a eles pode gerar diversos tipos de alergias", explica Dra. Silvana.

Filtrum HT20

Diferente dos suncares (produtos mais utilizados no verão), o Filtrum HT, produzido pela Libbs Farmacêutica, é um dos poucos produtos no mercado que reúnem fotoproteção UVB média com FPS 20 e PPD12 com hidratante, sem os inconvenientes dos filtros solares comuns - que são oleosos e difíceis de se aplicar na pele.

Indicado para adultos com peles frágeis, normais a secas, bem como fotoenvelhecidas, o Filtrum HT funciona nas peles desidratadas já na primeira hora após sua aplicação, tendo potencial de hidratante de mais de 18% em função de seus ativos hidrossolúveis, que restabelecem a hidratação natural da pele, combinados a um polímero de alta afinidade com a água. Seu diferencial é que a pele fica hidratada sem aquele aspecto gorduroso, evitando o aparecimento de acne e de cravos. Nas peles envelhecidas por exposição solar, como tem fotoproteção moderada, o Filtrum inibe mais a formação de sunburn cells (células fragilizadas pelos raios solares) do que a proteção com produtos de FPS mais altos, se usados de forma irregular.

A formulação é ainda enriquecida com vitamina E, conhecida por seu potencial antioxidante, que garante proteção contra o envelhecimento precoce da pele.

Libbs Farmacêutica -- Presente no mercado de medicamentos éticos desde 1958, a empresa tem 1.356 funcionários e opera uma moderna fábrica e a unidade de química fina em Embu (SP). Distribuindo medicamentos em todo o País, é um dos poucos laboratórios farmacêuticos no Brasil que mantêm uma unidade industrial de química fina para produção de insumos para a indústria farmacêutica. Um dos maiores laboratórios farmacêuticos de capital nacional, a Libbs tem forte atuação também nas áreas cardiovascular, ginecológica, neuropsiquiátrica, gastroenterológica, respiratória, dermatológica e oncológica.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...