quarta-feira, 20 de abril de 2016

Erva de São João ou Hypérico combate a Depressão com ótimos resultados


Visite o BLOG  Ética e Liderança empresarial  {{{{{{{{{{{{{

A Erva de São João, vendida como Hypérico é excelente para tratar depressões, quadros de nervosismo e inquietação. Tenho experiência pessoal como o Erva de São João, quando tomo ao deitar durmo profundamente e até sonho mais do que o normal.

Desta forma, identifiquei na erva de São João os benefícios de um calmante, sem os inconvenientes que os calmantes alopáticos trazem.

Do site saúde.sapo destaco: “ A hipericina (o principal composto) possui actividade anti-microbiana e anti-cancerígena, para além de um efeito antidepressivo. A hiperforina tem também uma acção antidepressiva, mas por um mecanismo fisiológico diferente. Outros componentes, como os taninos e o óleo essencial, conferem à planta uma actividade anti-séptica e cicatrizante. Os flavonóides têm um efeito anti-inflamatório e vasoprotector capilar. O conjunto de todos estes componentes e respectivas actividades fazem desta planta, pela via interna, uma óptima ajuda nos casos de depressão moderada, ansiedade, distúrbios do sono em idosos e agitação”


Encontramos a Erva de São João na forma de chá, em cápsulas ou drágeas com o nome de Hypericum perforatum ou Hipérico.

Alguma confusão é causada porque:

"existe no Brasil, uma espécie chamada "erva-de-São João" (Ageratum conyzoides, também conhecida por "mentrasto" e por "picão-roxo") que, obviamente, não é a mesma e nem possui nenhuma semelhança na forma, na taxonomia (classificação botânica) ou nas atividades terapêuticas que encerra.

Este mentrasto (Ageratum conyzoides) é planta muito comum no território brasileiro, ocorrendo nos terrenos abandonados, à beira dos caminhos e como invasora de culturas. É também planta de uso terapêutico, mas com outras propriedades e indicações
."   publicado no site http://www.redetec.org.br/inventabrasil/esjoao.htm





Existem algumas contra indicações que precisam ser observadas e também recomenda-se doses moderadas, principalmente para que ainda não usou a essa erva. 

Importante ressaltar que por recente decisão da Anvisa a Kava Kava e a Erva de São João passaram a ter tarja vermelha, ou seja, devem ser indicadas por médicos. Isso não invalida os incontestáveis benefícios dessas ervas todavia, as recomendações da Anvisa e supervisão médica deve ser considerada.

Abaixo destaco mais alguns links sobre essa excepcional erva.





Palestras e Treinamentos com o Palestrante e Consultor Ari Lopes

  • Palestra Ética Empresarial
  • Palestra para Vendas e Marketing
  • Gestão e Liderança com Ética
  • Capacitação de Analistas Financeiros e de Negócios
  • Melhores Práticas em Vendas
  • Preparando líderes
  • Desenvolvendo Estratégias com SWOT Analysis
  • Organizações de Alta Performance
  • Gestão em tempos de crise
  • Controladoria de Negócios




Ariovaldo Lopes da Silva – Mestre em Ciências Contábeis, Economista, Professor universitário por 20 anos e executivo de empresas por 40 anos, sendo último cargos ocupados com carteira assinada de Controller para America Latina na Henkel e Diretor Financeiro na Mauser. Atualmente é Palestrante, Consultor e Empresário. Possui mais de 200 artigos sobre Controladoria, Finanças e Gestão de Empresas.  arilopes@folha.com.br

3 comentários:

Gustavo Corrêa disse...

Olá, muito interessante. Mas, acho que é importante não confundir. Existe outra planta com mesmo "apelido" de Erva de São João, é o Ageratum conyzoidez. Se não me engando é o chamado Mentrasto. Planta baixa com flores miúdas. Pesquise mais a respeito, também não tenho muita certeza. Abraços.

Mylene Margarida disse...

Tem algo estranho! Quando eu procuro por ervade são João, aparecem plantas com flores amarelas. Se procuro por mentrasto, as plantas tem flores miúdas e roxas.

estermend disse...

O Mentrasto possui o nome científico de Ageratum conyzoides L. Não é difícil reconhecer essa planta, já que é muito popular em algumas regiões do Brasil, sendo uma erva anual capaz de chegar até 1m de altura. Suas flores podem ser brancas, roxas azuladas ou lilás.

Já a Erva-de-são-joão ou Hipérico ou Hipericão As flores são numerosas, persistentes, de coloração amarela e possuem pequenos pontos pretos ao longo das margens das flores que contêm elevadas concentrações do pigmento vermelho hipericina.